VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Menino Jesus





Blog Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário: 19-3462-9248
Americana-SP



Era uma vez uma moça chamada Maria que morava na cidade de Nazaré, ela gostava de ajudar a todas as pessoas. Sua maior qualidade era ser humilde de coração. Por isso ela achou graça diante de Deus que a escolheu para ser a mãe de seu filho Jesus Cristo, o Salvador do mundo.
Então Deus enviou um anjo até a casa de Maria, o anjo disse:

- Maria, não temas! O Senhor é contigo! Traga novas de grandes alegrias. Tu achaste graças diante de Deus, eis que você dará a luz a um filho e dará o nome de Jesus, este será chamado de filho do altíssimo, e será o príncipe da paz.

Maria ficou muito feliz e orou agradecendo a Deus.

- Obrigada, Senhor! Porque escolheste a tua humilde serva para ser a mãe do seu filho amado.

Passaram-se nove meses a barriga de Maria já havia crescido e ela teve que viajar com seu esposo José para Belém para se recensear. Quando chegaram a Belém a cidade estava cheia de gente, muitas pessoas de todas as partes estavam ali para o recenseamento e também era dia de natal, por isso José não achou nenhuma vaga nos hotéis da cidade, todos estavam super lotados.

José falou para o atendente de um dos hotéis.

- Amigo, minha esposa está prestes a dar a luz será que você não tem um lugarzinho que ela possa ao menos passar esta noite?

- Só tem o estábulo, onde ficam os animaizinhos se você quiser podem passar a noite lá.

E lá se foram José e Maria para o estábulo. Era um lugar simples e humilde e ali mesmo Maria deu a luz ao menino Jesus, O Salvador do Mundo, O Príncipe da Paz e o envolveu com um lençol e colocou-lhe em um bercinho de palha chamado de manjedoura.

E lá no campo, estavam os pastores, cuidando de suas ovelhinhas, quando um anjo do Senhor apareceu e lhes deu a notícia do nascimento do menino Jesus.

- Jesus, nasceu lá em Belém em um estábulo siga a estrela e vocês o encontrarão.

De repente apareceram muitos anjos cantando:

- Glória a Deus nas alturas e paz na Terra entre os homens de boa vontade.

Os pastores imediatamente foram a Belém ao encontro de Jesus e ficaram felizes em vê-lo.

Os três reis magos que moravam no oriente viram a estrela, a seguiram e encontraram Jesus, Maria e José.

Os reis magos presentearam a Jesus com incenso ouro e mira.

Aquela noite foi a mais feliz de todas as noites, pois o filho de Deus havia nascido trazendo felicidade, paz, amor e salvação aos homens.

E Anjos em coro diziam:

- Nasceu Jesus, fonte de luz!

Autora: Bernadete Sena de Santana de Jesus
Fonte: wata-eh-legal.blogspot.com.br

Axé








terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A História do Papai Noel






Blog Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário: 19-3462-9248
Americana-SP

O Papai Noel nem sempre foi como o conhecemos hoje. No início da história do Natal cristão, quem distribuía presentes durante festividades natalinas era uma pessoa real: São Nicolas. Ele vivia em lugar chamado Myra, hoje Turquia, há aproximadamente 300 anos AC. Após a morte de seus pais, Nicolas tornou-se padre.
As histórias contam que São Nicolas colocava sacos de ouro nas chaminés ou os jogava pela janela das casas. Os presentes de natal jogados pela janela caíam dentro de meias que estavam penduradas na lareira para secar. Daí a tradição natalina de pendurar meias junto à lareira para que o Papai Noel deixe pequenos presentinhos.
Alguns anos depois, São Nicolas tornou-se bispo e, por esse motivo, passou a vestir roupas e chapéu vermelhos e barba branca. Depois de sua morte, a Igreja nomeou-o santo e, com o início das celebrações de Natal, o velhinho de barba branca e roupas vermelhas passou a fazer parte das festividades de fim de ano.


Papai Noel atual: como foi construída sua imagem

O Papai Noel que conhecemos hoje surgiu em 1823, com o lançamento de “Uma visita de São Nicolas”, de Clement C. Moore. Em seu livro, Moore descrevia São Nicolas como “um elfo gordo e alegre”. Quarenta anos mais tarde, Thomas Nast, um cartunista político criou uma imagem diferente do Papai Noel, que era modificada ano a ano para a capa da revista Harper’s Weekly. O Papai Noel criado por Nast era gordo e alegre, tinha barba branca e fumava um longo cachimbo.
Entre 1931 e 1964, Haddon Sundblom inventava uma nova imagem do Papai Noel a cada ano para propagandas da Coca-Cola, que eram veiculadas em todo o mundo na parte de traz da revista National Geografic. E é esta a imagem do Papai Noel que conhecemos hoje.

Fonte: http://www.presentedenatal.com.br/papai_noel.htm

Axé

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Curiosidades sobre o Natal





Blog Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário: 19-3462-9248
Americana-SP




Origem do Natal e o significado da comemoração

O Natal é uma data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Jesus. Foi somente no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração. Na Roma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno. Portanto, acredita-se que haja uma relação deste fato com a oficialização da comemoração do Natal.
As antigas comemorações de Natal costumavam durar até 12 dias, pois este foi o tempo que levou para os três reis Magos chegarem até a cidade de Belém e entregarem os presentes (ouro, mirra e incenso) ao menino Jesus. Atualmente, as pessoas costumam montar as árvores e outras decorações natalinas no começo de dezembro e desmontá-las até 12 dias após o Natal.
Do ponto de vista cronológico, o Natal é uma data de grande importância para o Ocidente, pois marca o ano 1 da nossa História.

A Árvore de Natal e o Presépio
árvore de natal
Em quase todos os países do mundo, as pessoas montam árvores de Natal para decorar casas e outros ambientes. Em conjunto com as decorações natalinas, as árvores proporcionam um clima especial neste período.
Acredita-se que esta tradição começou em 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Certa noite, enquanto caminhava pela floresta, Lutero ficou impressionado com a beleza dos pinheiros cobertos de neve. As estrelas do céu ajudaram a compor a imagem que Lutero reproduziu com galhos de árvore em sua casa. Além das estrelas, algodão e outros enfeites, ele utilizou velas acesas para mostrar aos seus familiares a bela cena que havia presenciado na floresta.
Esta tradição foi trazida para o continente americano por alguns alemães, que vieram morar na América durante o período colonial. No Brasil, país de maioria cristã, as árvores de Natal estão presentes em diversos lugares, pois, além de decorar, simbolizam alegria, paz e esperança.

O presépio também representa uma importante decoração natalina. Ele mostra o cenário do nascimento de Jesus, ou seja, uma manjedoura, os animais, os reis Magos e os pais do menino. Esta tradição de montar presépios teve início com São Francisco de Assis, no século XIII. As músicas de Natal também fazem parte desta linda festa.

O Papai Noel : origem e tradição
Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.
Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.
A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

A roupa do Papai Noel
Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast criou uma nova imagem para o bom velhinho. A roupa nas cores vermelha e branca, com cinto preto, criada por Nast foi apresentada na revista Harper’s Weeklys neste mesmo ano.
Em 1931, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espalhar a nova imagem do Papai Noel pelo mundo.

Curiosidade: o nome do Papai Noel em outros países
- Alemanha (Weihnachtsmann, O "Homem do Natal"), Argentina, Espanha, Colômbia, Paraguai e Uruguai (Papá Noel), Chile (Viejito Pascuero), Dinamarca (Julemanden), França (Père Noël), Itália (Babbo Natale), México (Santa Claus), Holanda (Kerstman, "Homem do Natal), POrtugal (Pai Natal), Inglaterra (Father Christmas), Suécia (Jultomte), Estados Unidos (Santa Claus), Rússia (Ded Moroz).

Fonte:http://www.suapesquisa.com/historiadonatal.htm
Axé