quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Música - Anjos


A luz desenvolvida pelos sons influencia o mundo dos anjos.
Na música, cada nota vibra em uma cor. Quando há uma ativação consciente através da meditação ou do uso da velas coloridas, as cores são transferidas do temporal para o eterno. Uma expressão natural e completa para contatar seu anjo da guarda.
Por ser uma ativação poderosa, a música é capaz de alterar nossa percepção. A relação entre música e consciência é conhecida desde os tempos mais remotos. Os magos da Antiguidade ensinavam que a emissão do som possui um potencial de transformação e é um reflexo da realidade interior.
A música clássica, melodiosa, inspira sentimentos doces e amáveis. Já uma música de ritmos mais exaltados intoxica o corpo sutil ou áurico, pois há um saturamento do chacra sexual. Este efeito acentua o ardor por competições, a necessidade de domínio e de um ritmo de vida mais agitado. O chacra sexual mal energizado cria também excesso de egoísmo.
A juventude é atraída mais pelo ritmo do que pela música. Basta ligar o rádio, para verificarmos que normalmente as letras são vazias e as melodias muito pobres. Será que é este motivo de tanta carência afetiva entre os jovens? O inconsciente de cada um deles procura um ritmo ligado ao chacra do coração, do amor, que se assemelhe às batidas cardíacas ouvidas no útero da mãe.
Alguns estudiosos dizem que esses ritmos intoxicantes e essa freqüência vibratória não estão deixando os anjos permanecerem na terra. Segundo eles, só quando houver uma mudança sonora, as auras irão obter outra tonalidade, o que ajudará os anjos a retornarem ao nosso mundo para realizar uma grande transformação de valores.
Um teólogo chamado Kircher, que deu atenção especial aos anjos, associou as notas musicais às categorias angelicais: , aciona os anjos e arcanjos; , principados; mi, virtudes; , potências; sol, os domínios; , tronos; si, querubins e ao conjunto das notas que formam a melodia, os serafins.
A música é um eco do impulso da criação divina. Para aproveitar toda sua magia, siga algumas regras: seja seletivo com as músicas que você escuta; ouça-as em casa; evite músicas em alto volume; adquira o gosto pelo canto e utilize-os nos rituais de magia.
Todas as cores emanam de uma cor primordial (Deus), que se divide em sete cores correspondentes às sete notas musicais.

  • SI: branco ou violeta
  • LÁ: índigo ou amarelo
  • SOL: azul ou índigo com púrpura
  • FÁ: verde ou preto
  • MI: amarelo creme
  • RÉ: vermelho ou laranja
  • DÓ: vermelho ou rosa prateado.
Axé

Fonte: a magia dos anjos cabalísticos

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Minha mãe não me conhece



A vida muitas vezes nos prega peças que nem o tempo faz superar, as alegrias recebidas dos pais, os ensinamentos, a direção da própria vida passa pela gente como um vento, as marcam ficam em cada dia, em cada gesto, em cada canto.
A velhice chega à todos, e para muitos chega antes do tempo sem mesmo avisar, as doenças ingratas muitas vezes fazem a família se tornar estranhas.
É muito difícil quando nos deparamos com nossos pais doentes, seja uma simples dor ou até mesmo uma doença mais grave e digamos assim muito degenerativa como o mal de Alzaihmer. pois é difícil enxergarmos aquela mãe ou aquele pai que semore nos guiou, nos educou e até mesmo nos levava á escola. Agora com o passar do tempo sendo ele ou ela a viver um mundo só dele(a) e o que é mais difícil é a maioria dos filhos entenderem que eles precisam cada vez mais de amor.
Os filhos de hoje se limitam muito ao cuidar dos pais, porque a vida de hoje é mais cheia de atrativos e ninguém gosta de perder nada, mais e quando éramos crianças choronas que muitas noites dávamos trabalhos com catapora e sarampo, ou mesmo por algum capricho chorávamos para que eles ficassem ao nosso lado? Será que os filhos de hoje conseguem ficar em casa cuidando de seus pais? Apenas um final de semana com carinho, com aquele mesmo amor que um dia recebeu? Será que conseguem amar pelo menos um pouco sem fazer com que eles se sintam estorvos na vida? Será que conseguem dizer “amo você meu pai ou minha mãe”, será que eles vão dar pelo menos um pouquinho do que receberam? Ah! Porque tudo é muito difícil e amor de mãe e de pai não existe igual quando ele é realmente verdadeiro.
Amigos! A velhice hoje é chamada de melhor idade, pois estes mesmos são nossos espelhos, são eles que estenderam os tapetes para nós pisarmos, é muito dolorido ver filhos que cuidam de seus pais por obrigação esquecendo do amor que um dia receberam, essa doença é ingrata sim, ela nos faz sentir ninguém porque é muito doloroso ver sua mãezinha ao seu lado e dizer: “eu te conheço? Quem é você?”.
São tantas perguntas que naquela cabecinha tão culta que um dia fez de tudo e hoje vive na sombra de suas perguntas que muitas vezes sem resposta, e vocês filhos, ame-os cada vez mais, pensem assim: “você me fez, mãe querida e quero estar do seu lado te dando um pouco daquilo que me ensinou mesmo quando eu ainda não sabia quem era”, e se por ventura tiver irmãos que não ajudem deixe para lá, faça você sua parte, dê amor e carinho, jamais se esquecendo que dar amor e receber também é muito Divino. Dizer a sua benção minha mãe ou meu pai, é gratificante, é como se alimentasse nossa alma, cuide-os deles sim, distribua esse amor que tem dentro de você e com certeza sua vida será mais completa e feliz, a paciência você adquire com o amor que Deus te dá. PENSE NISSO.