VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Quando bate o Desespero


São tantas pessoas que por vários motivos ficam desesperados, e andam de lá pra ca em busca de soluções. Chegam a duvidar da existência Divina e maldiz tudo e todos.
O que será que leva um ser humano duvidar de tudo?
Saem em busca de luz, caminho, mas acaba sempre se diminuindo interiormente.
A vida é cheia de altos e baixos o que é mais importante nisso tudo é a fé, a perseverança, a luta. Jamais devemos esmorecer perante as dificuldades e todos temos direitos, deveres e caminhos para tudo o que não podemos é desanimar, é ouvir pessoas erradas e fazer o que os outros querem.
Certa vez, uma mulher muito infeliz andava por um caminho em busca de uma luz para solucionar seus problemas. Mas ela sempre achava que ninguém olharia por ela, pois na visão interior dela não existia nenhum ser superior, mas mesmo assim andava dizendo: -“Se existe esse Deus que os outros falam, então que apareça uma luz em meu caminho”. Foram longos dias dizendo isso e esperando em vão.
Certo dia adormeceu e em seu sonho apareceu um anjo que lhe disse: “-Amiga onde está Deus em sua vida? Onde está seu motivo de viver? Onde quer chegar duvidando de tudo e de todos?”.
O sonho continuava e ela percorria caminhos iluminados e maravilhosos, até que chegou em uma gruta de pedra que corria muita água limpa e dentro dessa gruta a imagem de Nossa Senhora.
Ela ajoelhou e chorou muito aos pés da virgem, pedindo ajuda. Reclamou, xingou, enfim pediu uma prova para mãe de Deus que ela tinha que acreditar.
Ainda assim a senhora iluminada cobriu-lhe seu corpo com o manto azul que estava em seus pés e saiu.
De repente a mulher acordou e viu que havia apenas sonhado e indignou: -“Que besteira, era sonho. É claro que era mentira, imagine que Nossa Senhora cobriu-me com seu manto”.
Passaram-se alguns dias e as coisas começaram a melhorar, e a mulher entrou numa igreja e viu uma senhora rezando, quando ela se levantou lhe disse: “- Agora acredita que Deus existe? Acredita que meu filho mandou te ajudar?”.
A mulher ficou estática, pois aquela era a Santa de seu sonho.
- Meu Deus, o meu sonho era um aviso? Exclamou a mulher. Ajoelhou, pediu perdão e agradeceu tudo o que estava acontecendo em sua vida. O milagre da visão, a força e o caminho que estava se abrindo para ela, e a fé que brotou em seu coração.

AXÉ- Ivanih Bianco

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Reflita - VOCÊ DIZ EU TE AMO???


Dois irmãozinhos brincavam em frente de casa, jogavam bolinhas de
gude.
Quando Júlio o menino mais novo disse ao irmão Ricardo:
- Meu querido irmão, eu te amo muito e nunca quero me separar de você!
Ricardo sem dar muita importância ao que Júlio disse, pergunta:
- O que deu em você moleque? Que conversa besta é essa de amar? Quer
calar a boca e continuar jogando?
E os dois continuaram jogando a tarde inteira até anoitecer.
À noite o senhor Jacó, pai dos garotos chegou do trabalho, estava
exausto e muito mal humorado, pois não havia conseguido fechar um
negócio importante. Ao entrar, Jacó olhou para Júlio que sorriu para o pai e
disse:
- Olá papai, eu te amo muito e não quero nunca me separar do senhor!
Jacó no auge de seu mal humor e stress disse:
- Júlio, estou exausto e nervoso, então por favor não me venha com
besteiras!
Com as palavras ásperas do pai, Júlio ficou magoado e foi chorar no
cantinho do quarto.
Dona Joana, mãe dos garotos sentindo a falta do filho foi
procurá-lo pela casa, até que o encontrou no cantinho do quarto com os olhinhos
cheios de lágrimas. Dona Joana espantada começou a enxugar as lágrimas do
filho e perguntou:
- O que foi Júlio, porque choras?
Júlio olhou para a mãe, com uma expressão triste e lhe disse:
- Mamãe, eu te amo muito e não quero nunca me separar da senhora!
Dona Joana sorriu para o filho e lhe disse:
- Meu amado filho, ficaremos sempre juntos!
Júlio sorriu, deu um beijo na mãe e foi se deitar.
No quarto do casal, ambos se preparando para se deitar, Dona Joana
pergunta para seu marido Jacó:
- Jacó, o Júlio está muito estranho hoje, não acha?
Jacó muito estressado com o trabalho disse a esposa:
- Esse moleque só está querendo chamar a atenção...Deita e dorme
mulher!
Então todos se recolheram e todos dormiam sossegados.
Às 2 horas da manhã, Júlio se levanta vai ao quarto de seu irmão
Ricardo e fica observando o irmão dormir... Ricardo incomodado com a claridade
acorda e grita com Júlio:
- Seu louco, apaga essa luz e me deixa dormir!
Júlio em silêncio obedeceu o irmão, apagou a luz e se dirigiu ao
quarto dos pais...Chegando ao quarto de seus pais acendeu a luz e ficou
observando seu pai e sua mãe dormirem. O senhor Jacó acordou e perguntou ao filho:
- O que aconteceu Júlio?
Júlio em silêncio só balançou a cabeça em sinal negativo, respondendo ao
pai que nada havia ocorrido. Daí o senhor Jacó irritado perguntou ao Júlio:
- Então o que foi moleque?
Júlio continuou em silêncio. Jacó já muito irritado berrou com
Júlio:
- Então vai dormir seu doente!
Júlio apagou a luz do quarto se dirigiu ao seu quarto e se deitou.
Na manhã seguinte todos se levantaram cedo, o senhor Jacó iria
trabalhar, a dona Joana levaria as crianças para a escola e Ricardo e
Júlio iriam à escola... Mas Júlio não se levantou. Então o senhor Jacó, que
já estava muito irritado com Júlio, entra bufando no quarto do garoto e
grita:
- Levanta seu moleque vagabundo!
Júlio nem se mexeu.
Então Jacó avança sobre o garoto e puxa com força o cobertor do
menino com o braço direito levantado pronto para lhe dar um tapa quando
percebe que Júlio estava com os olhos fechados e que estava pálido. Jacó assustado
colocou a mão sobre o rosto de Júlio e pôde notar que seu filho estava
gelado. Desesperado Jacó gritou chamando a esposa e o filho Ricardo
para ver o que havia acontecido com Júlio... Infelizmente o pior.
Júlio estava morto e sem qualquer motivo aparente.
Dona Joana desesperada abraçou o filho morto e não conseguia nem
respirar de tanto chorar. Ricardo desconsolado segurou firme a mão do
irmão e só tinha forças para chorar também. Jacó em desespero soluçando e com
os olhos cheios de lágrimas, percebeu que havia um papelzinho dobrado nas
pequenas mãos de Júlio. Jacó então pegou o pequeno pedaço de papel e
havia algo escrito com a letra de Júlio.
"Outra noite Deus veio falar comigo através de um sonho, disse a mim
que apesar de amar minha família e dela me amar, teríamos que nos separar.
Eu não queria isso, mas Deus me explicou que seria necessário. Não sei o
que vai acontecer, mas estou com muito medo. Gostaria que ficasse claro apenas
uma coisa:
- Ricardo, não se envergonhe de amar seu irmão.
- Mamãe, a senhora é a melhor mãe do mundo.
- Papai, o senhor de tanto trabalhar se esqueceu de viver.
- Eu amo todos vocês!"

Quantas vezes não temos tempo para parar e amar, e receber o amor
que nos é ofertado? Talvez quando acordarmos possa ser tarde demais...mas,
ainda há tempo!
Muita gente vai entrar e sair da sua vida, mas somente verdadeiros
amigos deixarão marcas em seu coração!
Para se segurar, use a cabeça;
Para segurar os outros, use o coração.
Ódio é apenas uma curta mensagem de perigo.
Aquele que perde um amigo, perde muito mais.
Aquele que perde a fé, perde tudo.
Jovem bonito é um acidente da natureza,
Velho bonito é uma obra de arte.
Amigos, eu e você...
Você trouxe outro amigo...
E nós iniciamos um grupo...
seu círculo de amigos...
E como um círculo, não tem começo nem fim...
Mostre a seus amigos o quanto eles são importantes.

Autor desconhecido

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Bastidores - Ivanih Bianco

Um pouco mais sobre Ivanih Bianco

Esotérica, Trabalho com jogo de búzios à 25 anos, reikiana nível III, grafóloga, numeróloga, terapeuta floral de bach e floral californiano, feng shui, trabalho com anjos e mestres ascensos. ॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐ Colaboradora no Jornal O liberal de Americana SP,jornal de Nova Odessa e faço participações em várias rádios, jornais e TV's da regiao. ॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐॐ Consultas de búzios, anjos, numerologia... Ligue e marque sua consulta (19) 3462-9248 Twitter: @ivanihbianco




Fotos de algumas participações em tv e rádio








Egoismo

Muitas vezes em nossas vida, paramos e fazemos a pergunta, por que eu?
Normalmente através de um sofrimento pelo que passamos ou mesmo uma dificuldade, as vezes nos revoltamos contra tudo e contra todos.
Mas é claro que esse é o instinto espontâneo do ser humano, mesmo que erradamente, porque ao falarmos isso esquecemos de olhar ao nosso redor e ver o sofrimento dos outros.
A nossa vida é cheia de altos e baixos, mais jamais devemos ser egoístas, pois vivemos num mundo em que todos nós temos o nosso Karma e esse é destinado a cada um de nós.
Alguma vez você olhou pra alguém que tivesse um problema e se perguntou o porque aquela pessoa está passando por aquilo ou como ela poderá fazer para mudar?
Nós costumamos analisar a pessoa primeiro para depois ver se ela merece ou não estar sofrendo. Não é assim?
Ouvimos muito a frase: “Nossa aquela pessoa é tão boa e tem um filho que lhe dá tantos problemas, ou está doente, e daí por diante.
Mas quem somos nós para julgar ou achar alguma coisa, acredito eu que sofrer, ninguém merece e saúde todos deveríamos ter sempre, mas essa não é a lei da natureza e do mundo em que vivemos, acredito que devemos pedir sempre a Deus proteção, ter fé e jamais desanimar perante qualquer dificuldade, pois acho que se Deus colocou uma pedra no caminho é porque ele sabe que se tivermos fé conseguiremos tira-la, e jamais sermos egoístas ao ponto de acharmos que só nós sofremos, aprenda olhar ao seu redor e ver o quanto as pessoas passam por mal momentos e tente sempre ajudar sem prejudicar e quando essa pergunta vier em sua cabeça, lembre-se sempre que os outros sofrem também e esse é o seu pedaço.
AXÉ- IVANI BIANCO

segunda-feira, 26 de julho de 2010

AS SETE ALEGRIAS DA SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA


Nossa Senhora teve muitas alegrias em sua vida terrena. A maior delas, sem dúvida, foi o fato de ter sido escolhida para ser a Mãe de Deus. Poderia haver maior felicidade do que esta? Dentre as alegrias que Ela viveu, podemos destacar sete, a saber:


Primeira Alegria - Quando recebe o anúncio do anjo Gabriel e a conseqüente Encarnação do Filho de Deus - Lucas 1: 26-33, 38.

Segunda Alegria - Quando visita a Sua prima Santa Isabel - Lucas 1: 39-45

Terceira Alegria - Quando nasce seu filho, o Menino Jesus - Lucas 2: 6-7

Quarta Alegria - Quando os três reis magos prestam adoração ao Menino Jesus - Mateus 2: 1-2, 10-11.

Quinta Alegria - Quando encontra o menino Jesus, que estava no templo - Lucas 2: 41-50

Sexta Alegria - Quando da Ressurreição de Jesus - Marcos 16: 1-7.

Sétima Alegria - Quando da Sua Assunção e Coroação como Rainha do Céu- "Fidei dogma definitur deiparam virginem Mariam corpore et anima fuisse ad caelestem gloriam assumptam" - Papa Pio XII, 1 de novembro de 1950; Acta Apostolicae Sedis, An et Vol XXXXII - Ser II, V. XVII - nº 15 - *Ver também Lucas 1: 46-55

A alegria é um sentimento profundo que nasce da mescla de vários fatores: sentir confiança, ter a satisfação do dever cumprido, estar em harmonia consigo mesmo, com Deus e com os demais irmãos. A alegria constante é uma atitude própria do católico, que tem a segurança de sentir-se amado por Deus, no caminho certo e na verdade. Maria, nossa Mãe, é exemplo e fonte dessa mesma alegria, para todos nós.

A Virgem Maria é a amiga mais querida, mais íntima, mais amorosa que podemos pensar em ter. Se o próprio Deus a escolheu para ser mãe de seu filho, imagine os tesouros espirituais que podemos alcançar, ao meditarmos em Suas Alegrias.

fonte: espaço maria

Aviso


Boa tarde caros leitores, na semana que vem farei uma semana de " Especial da India " aqui no Blog, com os deuses e deusas, mantras, histórias indianas etc... Espero que gostem e sigam. E na segunda semana de Agosto farei um especial " Fraternidade Branca" para aqueles que não conhecem essa cultura de Luz.

Deixo aqui um video de mantra Om Namah Shivaya que é um mantra que significa: "Om, inclino-me perante Shiva" ou "Om, inclino-me perante o meu divino Ser interior". É utilizado na meditação ióguica e os seus praticantes afirmam que o seu japa induz um profundo relaxamento físico e mental, além possuir eventuais efeitos curativos

http://www.youtube.com/watch?v=jaJPfnCi1t8&feature=related

AMULETOS DA SORTE - 02


PULSEIRA DE TALISMÃ- esta pulseira reúne amuletos de diferentes culturas. O gatinho com a pata erguida, o Maneki-neko, é um dos símbolos de sorte e prosperidade mais populares do Japão. Acredita-se que, quando a para direita do animal está levantada, ele traz sorte e felicidade. O vajra é usado em cerimônias religiosas tibetanas, representa o corpo –cabeça, braços, pernas –e abre caminho para o conhecimento superior. Da tradição judaica, a mão aberta afasta maus espíritos e má sorte. A estrela de Davi tridimensional é o símbolo de proteção dos judeus. A cruz cristã representa a elevação espiritual. O anjo da guarda protege. O saquinho de ouro chama dinherio.

TESOURO DA SORTE

As garrafinhas da sorte têm sal grosso, que protege. O alecrim é escudo contra doenças e espíritos malignos. Pimenta preta e urucum irradiam a força da terra. A semente vermelha livra de inveja. Cristal concentra a energia do cosmo e alfazema purifica. E a estrela é símbolo da luz espiritual.

MUIRAQUITÃ- de origem amazônica, é símbolo de fertilidade e de felicidade no casamento. Diz a lenda que este amuleto era originalmente produzido pelas icamiabas, índias guerreiras, e dado aos homens que visitavam suas terras. Após um ritual de canto e dança, elas mergulhavam nas águas e retiravam de suas profundezas o barro e as pedras para esculpir o talismã. Os que o possuem devem fazer um único pedido. A cada novo desejo, é preciso providenciar um amuleto novo.

DARUMÁ- os bonecos da sorte japoneses representam o Bodhidarma, um monge do século VI fundador do zen-budismo chinês. Diz a lenda que ele passou nove anos meditando numa caverna sem piscar ou mover os olhos. Por isso, os darumás simbolizam perseverança e sucesso. A pessoa que o adotar como amuleto faz seu pedido e pinta o olho esquerdo do boneco. Quando o desejo se realizar, deve-se pintar o outro olho.

COLAR CELESTIAL- as pedras preciosas ativam ou evitam determinadas energias. Pérola simboliza a Lua, a alma, a abundancia e a realização dos desejos inconscientes. Coral promove ação e estímulo e potencializa a energia sexual.
Crisoberilo, associado aos cometas, sugere libertação e renascimento. Safira-azul ajuda nas realizações materiais. À granada-escura atribui-se o poder de esclarecer processos obscuros. Esmeralda estimula a energia mental e a comunicação. Cristal, oferenda a Vênus, deusa do amor, auxilia nas questões eróticas e românticas. Rubi, ligado ao Sol, simboliza a energia vital. O citrino emana a força da expansão, da fé e da religiosidade.

ELEFANTE- é sempre associado à boa sorte. Diz a cultura popular que a estatueta deve ficar de costas para a porta, atraindo bons fluídos para dentro da casa. A origem deste amuleto remonta à religião hindu, que atribui ao deus Ganesha, que tem cabeça de elefante e corpo de homem, o poder de abrir caminhos e trazer fortuna.

COLAR INDÍGENA- produzido pelos índios kritati, do Maranhão, afasta maus espíritos e mau-olhado. Segundo eles, as sementes vermelhas, marrons e pretas dissipam energias nocivas.

PATUÁ- este amuleto incorpora símbolos cristãos e africanos. Nossa Senhora protege. Santo Expedito resolve as causas impossíveis. Santo Antônio é padroeiro do casamento e do amor. A semente vermelha de pau-brasil simboliza a proteção da natureza. Já a figa, símbolo africano de fertilidade e força, garante a sorte. O patuá traz ainda uma Oração de São Gregório, que guarda a casa da família.

Fonte: bons fluídos