VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 8 de março de 2012

AS SETE LÁGRIMAS DE UM PRETO-VELHO



Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP


Num cantinho de um terreiro, sentado num banquinho, pitando o seu cachimbo, um triste preto-velho chorava. De seus olhos molhados, esquisitas lágrimas desciam-lhe pelas faces e não sei porque contei-as... Foram sete.

Na incontida vontade de saber aproximei-me e o interroguei. Fala, meu preto-velho, diz ao teu filho por que externas assim uma tão visível dor?
E ele, suavemente respondeu: Estás vendo esta multidão que entra e sai? As lágrimas contadas estão distribuídas a cada uma delas.
A primeira, eu dei a estes indiferentes que aqui vem em busca de distração, para saírem ironizando aquilo que suas mentes ofuscadas não podem conceber...
A segunda a esses eternos duvidosos que acreditam, desacreditando, na expectativa de um milagre que seus próprios merecimentos negam.
A terceira, distribui aos maus, aqueles que somente procuram a UMBANDA, em busca de vingança, desejando sempre prejudicar a um seu semelhante.
A quarta, aos frios e calculistas que sabem que existe uma força espiritual e procuram beneficiar-se dela de qualquer forma e não conhecem a palavra gratidão.
A quinta, chega suave, tem o riso, o elogio da flor dos lábios mas se olharem bem o seu semblante, verão escrito: Creio na UMBANDA, nos teus caboclos e no teu Zambi, mas somente se vencerem o meu caso, ou me curarem disso ou daquilo.
A sexta, eu dei aos fúteis que vão de Centro em Centro, não acreditando em nada, buscam aconchegos e conchavos e seus olhos revelam um interesse diferente.
A sétima, filho notas como foi grande e como deslizou pesada? Foi a última lágrima, aquela que vive nos olhos de todos os Orixás. Fiz doação dessa aos Médiuns vaidosos, que só aparecem no Centro em dia de festa e faltam as doutrinas.

Esquecem que existem tantos irmãos precisando de amparo material e espiritual.
Assim, filho meu, foi para esses todos, que viste cair, uma a uma

Fonte: preto velho

quarta-feira, 7 de março de 2012

Mulher Guerreira, Você Pode Fazer a Diferença!


Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP


Li essa matéria em um site - e achei muito interessante e descreve bem a MULHER.
----------------------------------------------------------------------------------

Gostaria de iniciar o meu texto parabenizando a todas nós mulheres. Entramos no mês de março onde temos uma oportunidade no ano para exaltarmos nossas conquistas e realizações, estas que iniciaram na primeira metade do século XIX, na Inglaterra e nos EUA, tendo como objetivo principal, a conquista dos direitos civis como o de votarmos e termos acesso ao ensino superior.

Na década de 60, esta força sociopolítica ressurgiu nos EUA, com reivindicações mais amplas, como o direito à sexualidade (contracepção, cuidados pré-natais com qualidade, autonomia, a integridade do nosso corpo) e a busca da igualdade ao homem no mercado de trabalho como os direitos trabalhistas incluindo a licença-maternidade, salários iguais etc.

Tem crescido o número de mulheres que estão entrando no mercado de trabalho, exercendo funções de alto nível dentro das empresas, tomando a frente em cargos de tamanha responsabilidade como, por exemplo, nossa presidenta da República, Dilma Rousseff. Também vem crescendo o empreendedorismo feminino de forma acentuada e, com tudo isso, a mulher vem tendo um papel importante na economia do mundo e do nosso país Brasil.

Deveríamos aproveitar este momento de celebração para continuarmos conquistando nosso espaço, fortalecendo nossa autoestima e o orgulho em sermos mulheres.

Com tantas definições para nós, mulheres; contemporâneas, do século XXI, talentosas, poderosas, acabei escolhendo para o título deste texto MULHERES GUERREIRAS, ou seja, mulheres que estão sempre em ação, enfrentando uma maratona na batalha do dia a dia com a multiplicidade de papéis e funções como a MULHER mãe, dona de casa, profissional, amante, família, aluna, amiga e social e que, por vezes, desempenhamos diversas funções, como o da mulher mãe, por exemplo: provedora, educadora e cuidadora e bem sabemos, quem é mãe, esta não é uma tarefa nada fácil.

A mulher guerreira não enxerga sua vida como um fardo, sacrificante e que tudo precisa ser difícil, mas, sim, vê a sua vida como uma grande oportunidade, desafios a serem vencidos, resultados a serem alcançados. Ela entra na batalha para vencer com foco, autoconfiança, atitude e, constantemente, busca sua força interior para enfrentar os “inimigos” dos obstáculos, das frustrações e das decepções.

Muitas de nós ainda vivemos como se a nossa vida fosse um fardo, afinal, são tantos papéis e tarefas. O que não nos damos conta é que somos, em muitos momentos, autossuficientes, achamos que somente o nosso jeito é o certo e/ou melhor e acabamos não dividindo as tarefas e as responsabilidades. Somos maravilhosas e não maravilhas. Precisamos mudar nosso padrão de pensamento e administrarmos melhor a nossa vida e lutarmos quando for preciso, além de usufruirmos dos bons momentos de calmaria também.

A guerreira, quando vai para uma batalha, se prepara, estuda possibilidades, cria estratégias e leva consigo alguns instrumentos e armas imprescindíveis como:

- Autoestima: O amor, a valorização e o respeito por si própria proporcionam a autoconfiança e a força interior para continuar a caminhada;

- Presença: Cuidados com a sua autoimagem, ética e reputação. O peso da primeira impressão é importantíssimo para causarmos uma boa impressão;

- Posicionamento: Sabe exatamente o que quer para a vida, tem foco, objetivo e metas a serem cumpridas, para isto, faz um planejamento estratégico;

- Resiliência: Busca ser uma pessoa mais proativa, flexiva, organizada e positiva;

- Qualidade de vida: Hábitos positivos como o exercício físico, o bom humor, a busca de lazer, a boa convivência familiar e uma alimentação mais equilibrada;

- Espiritualidade: Busca do equilíbrio emocional, físico e espiritual.

Tenho certeza, mulheres guerreiras, se optarmos por uma vida mais feliz, conquistaremos o mundo e, cada vez mais, seremos valorizadas e respeitadas.

Fonte:www.segs.com.br
Por:Luciana Rondon

Axé
----------------------------------------------------------------------------------
Mulher...

Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis
Que divide sua alma em duas
Para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar
Mulher,
Que luta pelos seus ideais,
Que dá a vida pela sua família
Mulher
Que ama incondicionalmente
Que se arruma, se perfuma
Que vence o cansaço
Mulher,
Que chora e que ri
Mulher que sonha...

Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,
Cheias de mistérios e encanto!
Mulheres que deveriam ser lembradas,
amadas, admiradas todos os dias...

Para você, Mulher tão especial...

Feliz Dia Internacional da Mulher!

terça-feira, 6 de março de 2012

História do Dia Internacional da Mulher


Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP



História do Dia Internacional da Mulher, significado do dia 8 de março, lutas femininas, importância da data e comemoração, conquistas das mulheres brasileiras, história da mulher no Brasil, participação política das mulheres, o papel da mulher na sociedade

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.



Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.



Marcos das Conquistas das Mulheres na História



- 1788 - o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres.

- 1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos.

- 1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.

- 1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.

- 1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.

- 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas

- 1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres

- 1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.

- 1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças

- 1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina

- 1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres
fonte:
Axé

segunda-feira, 5 de março de 2012

LIÇÃO DE VIDA- A SURPESA


Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP


Os homens sempre são os vilões na maioria das vezes, saem de casa para passear com os amigos, noitadas, mulheres e ainda se acham superiores, os bons, é claro que não são todos.
Existiu um homem que vivia nas noites, nas casas noturnas, ou melhor, nos bordeis da vida.
A esposa sempre esperando por ele ansiosa com saudades, comida pronta e nada dele chegar, pois à noite para ele era a melhor fase da sua vida.
Foram longos anos sofrendo em silencio, foram muitos pratos de comida jogados à espera do marido que não voltava para comer e dormir.
Sabia ela que ele andava pelas boates à procura de amor, de festas e boa música para dançar e curtir, era lugar de má fama, onde a porta estava sempre aberta para qualquer pessoa que quisesse entrar em busca de viver momentos.
Só que a vida dá muitas voltas e certo dia esse homem estava no meio de várias mulheres de vida fácil e de repente ele olhou para a porta e entrou uma mulher deslumbrante, bem vestida, sensual, a mulher perfeita para um homem, quando chegou perto teve a maior surpresa de sua vida: a mulher maravilhosa era a sua esposa, a mulher mais nova da casa.
Ele ficou abismado, sentou e caiu em si, vendo que a mulher cansou de passar as noites sozinhas à espera dele, anos e anos esperando em vão, então ela também foi procurar o amor, a noite, a curtição.
O desespero tomou conta dele ao ver aquela mulher que até agora era a mãe de seus filhos sendo transformada em mulher do bordel e ainda rodeada de homens que queria seduzi-las, aproximou-se dela e então quis conversar e ela responde: “Eu te conheço? Desculpe nunca o vi”.
Eh! Amigas leitoras, são tantos os homens que fazem esse papel e se esquecem que os direitos são iguais, são tantos que não valorizam o que tem dentro de casa, achando que na rua encontra coisa melhor,infelizmente a vida é assim, certas pessoas dão valor a alguma coisa quando se perde e aí é tarde.
É claro que existem as mulheres também que se esquecem de valorizar seus maridos, mas se devem o homem, ou a mulher antes de fazer qualquer coisa errada, analisar, pois o resultado nem sempre será positivo, pois aqui se faz e se paga.

Axé-ivani bianco

domingo, 4 de março de 2012

Se você puder


Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP



MANEIRAS PRÁTICAS DE RELAXAR O CORAÇÃO.

Se você puder, pratique ainda hoje:
Esqueça contratempos e mostre um sorriso mais amplo para aqueles que partilham a sua vida;
Dê mais um toque de felicidade e beleza a seu recanto doméstico;
Faça uma visita, mesmo ligeira, ao doente que você deseja reconfortar;
Escreva, ainda que seja um simples bilhete, transmitindo esperança e tranqüilidade, em favor de alguém;
Melhore os seus conhecimentos no setor de trabalho em que esteja empregando o seu tempo;
Estenda alguma energia a mais de otimismo e dê alegria aos que se encontram na sua faixa de convivência;
Procure esquecer, mas esquecer mesmo, tudo o que se faça motivo de tristeza ou aborrecimento;
Leia alguma página edificante e escute música que pacifique o coração;
Dedique alguns minutos à meditação e à prece;
Pratique, pelo menos, uma boa ação sem contar isso a ninguém.

Estas indicações de apoio espiritual, se forem observadas, farão grande bem aos outros, mas especialmente a você mesmo.

ANDRÉ LUIS –Mensagem recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier

Axé