VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Jogo de Búzios


Essa semana tentei passar um pouquinho do que faço, para vocês leitores conhecer um pouco do meu Trabalho, claro que é muito mais abrangente que isso!
Qualquer duvida, entre em contato comigo, no começo da semana passarei toda minha agenda, todos jornais que escrevo e radios em que participo.

Obrigada pela compreensão sempre... e semana que vem voltaremos com Matérias muito boas...

Axé


-------------------------------------------------------------------------------------

O jogo de búzios é um sistema oracular e está ligado a prática do Candomblé, devendo ser apenas jogado por pessoas iniciadas na religião.

O aprendizado se dá à medida que o praticante adquire conhecimento e passa por certos preceitos.
A forma mais comum é o jogo de 16 búzios
Cada odú tem ligação com um o mais orixás, sendo que estão todos interligados.

Os 16 odús são:

1) Okaran ' Exu

2) Ejiokomeji ' Ogum e Ibeji

3) Etaogundá ' Ogum e Omulu

4) Iorossum ' Iemanjá

5) Oxê ' Oxum

6) Obará ' Oxossi, Xangô e Logum Edé

7) Odi ' Oxossi, Obaluaiê e Oxanguiam

8) Ejionilê ' Oxalá e Oxaguiam

9) Ossá ' Iansã

10) Ofum ' Oxalá e Oxalufan

11) Oawarim ' Ogum, Iansã e Exu

12) Ejilonuborá ' Xangô

13) Odiologan ' Nanã Buruku

14) Iká ' Oxumaré e Ossaim

15) Obeogundra ' Ewá, Obá, Oxumaré e Omulu

16) Alafra ' Oxalá, Oxaguian

Os búzios são lançados sobre um circulo e de acordo com a sua caída (número de búzios abertos ou fechados) se faz a interpretação pelos sacerdotes.

Os búzios são conchas que foram preparadas em diversos rituais, antes de serem utilizadas.
Antes de se começar o jogo, o sacerdote faz uma série de orações e saudações aos orixás.
Exú, Oxum e Oxalá são os orixás mais ligados ao jogo , além de Ifá que é o próprio orixá da adivinhação.

fonte: tarotdoamor

Marque sua consulta:
Ivanih Bianco
19-3462-9248

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Especial de "Quinta" Amuletos da Sorte


Ninguém sabe ao certo onde ou quando surgiu o costume de usar amuletos para atrair proteção e boa sorte. Esses pequenos objetos imantados por energias mágicas figuram em todas as culturas desde a Antiguidade. A eles são atribuídos os poderes de transformar o destino, espantar o mau-olhado e atrair fortuna, amor e saúde.
O significado varia conforme o formato e o símbolo que carregam: “Os amuletos revelam nossa visão mágica do mundo. Seja qual for a origem ou o instrumento escolhido, a finalidade desses aparatos é a mesma: buscar ajuda divina para que os desejos de quem os usa se manifestem”.

FIGA: de acrílico, esta peça é releitura irreverente de um dos amuletos mais populares: a figa. De acordo com a tradição afro-brasileira, ela dá sorte e proteção. “fecha o corpo”, deixando quem a usa salvo de agressões físicas e espirituais. Simbolicamente,a mão com o polegar alojado entre o dedo indicador e o médio remete ao ato sexual. Por isso, não são poucas as culturas que a empregaram como símbolo de fertilidade

PULSEIRA DE PROTEÇÃO: este amuleto é composto por sete pingentes. Além do poder individual atribuído a cada um deles, ele ainda irradia as vibrações do número sete. São sete os céus no budismo, sete os braços do candelabro judaico e sete as linhas dos orixás na umbanda.
Entre os pingentes, o Sol e a Lua simbolizam o masculino e o feminino. A figa traz sorte, o coração evoca o amor, a chave abre os caminhos, a moeda chinesa atrai fortuna e prosperidade, enquanto a pomba do Espírito Santo protege.

AGNUS-DEI- o nome vem do latim, significa “cordeiro de Deus” e está relacionado a Jesus, a quem São João Batista se referia utilizando essa expressão. É símbolo de proteção e, conforme o costume cristão, deve ser abençoado e utilizado todos os dias. Em geral, o agnus-dei tem a forma de coração e traz essa inscrição no centro.

OLHO GREGO –utilizado como pingente ou objeto de decoração, sua principal finalidade é proteger contra energias negativas, mau-olhado, inveja. Seja qual for o tamanho, a peça deve ser sempre azul e de vidro.
Essa cor absorve e filtra as vibrações nocivas. Já o vidro costuma rachar quando saturado de energia- sinal de que o amuleto cumpriu sua função. Os cacos devem ser jogados fora e peça substituída por uma nova. Quando usado, para a proteção do ambiente, deve ser fixado perto da porta de entrada de modo que não fique balançando, pois assim ele perde sua eficiência.

ESCAPULÁRIO- trazendo a imagem de Nossa Senhora do Carmo atrás e a do Sagrado Coração de Jesus à frente, o escapulário é utilizado como escudo protetor. Também conhecido como Betinho do Carmo, existe desde o século XII e é uma das formas de devoção a essa santa. No dia-a-dia, deve-se sempre rezar uma oração para si, para a igreja e para as carmelitas.

CRUZ- diferentemente do que se imagina, a cruz não é um símbolo exclusivo do cristianismo. É um dos signos universais mais antigos, com registro nas culturas egípicia, chinesa, babilônia e também mexicana e peruana. Curiosamente, os significados da cruz são semelhantes nas várias religiões: remetem a ressurreição, fertilidade e recriação.

TALISMÃ DO BRASIL- o portador deste amuleto está protegido por vários símbolos. A fita do Bom Fim concede três graças e a pimenta e o alho guardam contra mau-olhado. A ferradura com a inscrição do número 13 e a figa adicionam sorte ao conjunto. A chave abre caminhos e o colar com as sete linhas oferece a bênção e proteção dos orixás, as divindades da umbanda e do candomblé

PULSEIRA DE TALISMÃ- esta pulseira reúne amuletos de diferentes culturas. O gatinho com a pata erguida, o Maneki-neko, é um dos símbolos de sorte e prosperidade mais populares do Japão. Acredita-se que, quando a para direita do animal está levantada, ele traz sorte e felicidade. O vajra é usado em cerimônias religiosas tibetanas, representa o corpo –cabeça, braços, pernas –e abre caminho para o conhecimento superior. Da tradição judaica, a mão aberta afasta maus espíritos e má sorte. A estrela de Davi tridimensional é o símbolo de proteção dos judeus. A cruz cristã representa a elevação espiritual. O anjo da guarda protege. O saquinho de ouro chama dinherio.

TESOURO DA SORTE
As garrafinhas da sorte têm sal grosso, que protege. O alecrim é escudo contra doenças e espíritos malignos. Pimenta preta e urucum irradiam a força da terra. A semente vermelha livra de inveja. Cristal concentra a energia do cosmo e alfazema purifica. E a estrela é símbolo da luz espiritual.

MUIRAQUITÃ- de origem amazônica, é símbolo de fertilidade e de felicidade no casamento. Diz a lenda que este amuleto era originalmente produzido pelas icamiabas, índias guerreiras, e dado aos homens que visitavam suas terras. Após um ritual de canto e dança, elas mergulhavam nas águas e retiravam de suas profundezas o barro e as pedras para esculpir o talismã. Os que o possuem devem fazer um único pedido. A cada novo desejo, é preciso providenciar um amuleto novo.

DARUMÁ- os bonecos da sorte japoneses representam o Bodhidarma, um monge do século VI fundador do zen-budismo chinês. Diz a lenda que ele passou nove anos meditando numa caverna sem piscar ou mover os olhos. Por isso, os darumás simbolizam perseverança e sucesso. A pessoa que o adotar como amuleto faz seu pedido e pinta o olho esquerdo do boneco. Quando o desejo se realizar, deve-se pintar o outro olho.

COLAR CELESTIAL- as pedras preciosas ativam ou evitam determinadas energias. Pérola simboliza a Lua, a alma, a abundancia e a realização dos desejos inconscientes. Coral promove ação e estímulo e potencializa a energia sexual.
Crisoberilo, associado aos cometas, sugere libertação e renascimento. Safira-azul ajuda nas realizações materiais. À granada-escura atribui-se o poder de esclarecer processos obscuros. Esmeralda estimula a energia mental e a comunicação. Cristal, oferenda a Vênus, deusa do amor, auxilia nas questões eróticas e românticas. Rubi, ligado ao Sol, simboliza a energia vital. O citrino emana a força da expansão, da fé e da religiosidade.

ELEFANTE- é sempre associado à boa sorte. Diz a cultura popular que a estatueta deve ficar de costas para a porta, atraindo bons fluídos para dentro da casa. A origem deste amuleto remonta à religião hindu, que atribui ao deus Ganesha, que tem cabeça de elefante e corpo de homem, o poder de abrir caminhos e trazer fortuna.

COLAR INDÍGENA- produzido pelos índios kritati, do Maranhão, afasta maus espíritos e mau-olhado. Segundo eles, as sementes vermelhas, marrons e pretas dissipam energias nocivas.

PATUÁ- este amuleto incorpora símbolos cristãos e africanos. Nossa Senhora protege. Santo Expedito resolve as causas impossíveis. Santo Antônio é padroeiro do casamento e do amor. A semente vermelha de pau-brasil simboliza a proteção da natureza. Já a figa, símbolo africano de fertilidade e força, garante a sorte. O patuá traz ainda uma Oração de São Gregório, que guarda a casa da família.

Fonte: bons fluídos
Ivanih Bianco
19-3462-9248

terça-feira, 5 de outubro de 2010

O que é o Reiki?


Reiki é uma palavra japonesa que significa “Energia Vital Universal”. O Reiki não é uma religião e nem uma crença. Ele abre novos caminhos para experiência espiritual e o aprendizado. Para receber a técnica do Reiki, a pessoa precisa passar por uma iniciação feita por um Metre de Reiki. Essa iniciação é feita pela imposição das mãos em forma de uma concha, visualizando símbolos (secretos) entrando no corpo da pessoa. Em uma iniciação a pessoa que vai receber o Reiki, fica em uma posição confortável, com a coluna reta para facilitar a absorção de energias. Geralmente durante as sessões muitos mestres de Reiki preferem ficar em silêncio para facilitar a conecção com seus mestres, seres superiores e outras energias. As posições são variadas trabalhado atrás da cabeça e na frente. A duração de uma iniciação pode levar de uma hora a uma hora e meia, variando de mestre para mestre. Após esta iniciação a pessoa não precisa passar novamente por este processo para melhorar ou recuperar os seus canais de energia. A pessoa passa por uma grandiosa transformação, se tornando diferenciada das outras. Esta transformação permanece por toda a vida.
Uma vez que você foi iniciado, a energia do Reiki é então, encaminhado através do corpo num passo correspondente à aquele que é necessário para a cura. O corpo humano ou animal, radia calor e energia. Essa energia é a força da vida chamada CH'I. O que cura é a energia do Cosmos (Ki ou CH'I) que é direcionada pelas mãos do praticante. A palavra CH'I quer dizer "ar, respiração, vento, essência vital, energia ativa do universo..." CH'I ou KI é também a força vital da Terra, dos planetas, das estrelas, dos céus e das fontes de energia que afetam os corpos com a energia KI. A energia que sai das mãos do praticante de Reiki, é uma energia transformadora, trazendo o KI da Terra e dos Céus para dentro do corpo humano e animal.
Na energia vital do Reiki, a pessoa que está sendo inicializada, fica com todos os canais de energia abertos e limpos de obstruções pela inicialização do Reiki. Na prática do reiki, não há transmissão de nenhuma energia pessoal.

Fonte: mistico.com

Axé

Marque sua sessão de Reiki
Ivanih Bianco
19-3462-9248

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O que é Numerologia


Numerologia é uma das mais antigas ciências esotéricas e estuda a influências dos números. Segundo a numerologia, cada número ou valor numérico é dotado de certas características ou qualidades próprias e indicaria tendências de acontecimentos ou de personalidade. O filósofo grego Pítagoras é considerado por alguns o pai da numerologia . Na verdade a numerologia é uma derivação da Gematria(Gematria é o cálculo do “peso numérico” ou equivalência numérica das letras, palavras, ou frases, e, nesta base, obter conhecimento na inter-relação de diferentes conceitos e explorar este inter-relacionamento entre palavras e idéias. O conceito fundamental da gematria é que palavras pertencentes à mesma "classe espiritual" e com “peso numérico” equivalente têm o mesmo sentido metafísico, e essa equivalência numérica não é coincidência.) um ramo da Cabala(um sistema religioso-filosófico judaico que investiga a natureza da divindade) que utiliza o alfabeto hebraico como base. A numerologia seria então uma adaptação dos princípios da Gematria para o alfabeto latino.

Exemplo: O nome "Maria da Silva"
M A R I A D A SILVA

4 1 9 9 1 4 1 19341

À cada letra atribuimos um número observando a tabela que estamos usando e se por acaso o número for maior que 9 devemos reduzir o número a um dígito. Por exemplo, se o número de uma pessoa for 14 soma-se 1 + 4 e o número será 5. Se houver acentos no nome da pessoa tais acentos não deverão ser considerados, nesse caso o ç irá equivaler a c e o é à e.

Em nosso exemplo a soma de todos os números é 47. Como é um número de dois dígitos vamos reduzí-lo.

4 + 7 = 11

Faremos outra redução.

1 + 1 = 2

Logo, o número pessoal é 2.

É importante lembrar que algumas tabelas trabalham com o número 11 e,neste caso,o 11 não deve ser reduzido,porém, se for 10 o número será equivalente a 1.

Fonte: astro-saber

Axé
Consultas de Numerologia Pessoal e Empresarial com
Ivanih Bianco ligue
19-3462-9248

Florais de Bach


Bom dia meu amigos e amigas leitores

Essa semana irei falar um pouco de tudo que faço no meu trabalho, quero que vocês conheçam um pouco do mundo Esotérico.

Começaremos falando de "Florais".

E no decorrer da semana, falaremos de Numerologia, Mapa astal, Jogo de Búzios etc...

Qualquer dúvida, entrem em contato por fone ou e-mail
Lembrando que tudo que colocarei essa semana é um pouco do que eu faço, caso interesse a vocês, liguem e marque sua consulta!

Axé
e Abraços de Luz

-------------------------------------------------------------------------------------

Os Florais de Bach são remédios para a personalidade, cada um dos florais possuindo usos específicos, em nosso trabalho não nos atemos apenas aos aspectos tradicionais de cada substância, mas nos remetemos também a visão de homens como David Tansley e outros pesquisadores que associam as substâncias a Chacras, Raios etc., Porém é importante saber que um floral tem suas características, devendo ser administrados quando o caso em questão justifica seu uso.

O homem é um ser complexo, cada pessoa sendo única e especial, entretanto existem padrões de comportamento que podem ser aplicados aos grupos de pessoas, os florais atuam sobre estes padrões, fazendo aflorar elementos que irão equilibrar estas distorções.

Por outro lado, cada pessoa tem muitos pontos que devem ser trabalhados, e quando nos aprofundamos em sua problemática acabamos por perceber que a maioria destes defeitos é na verdade fruto de alguns defeitos básicos, assim como os diversos braços de um rio tem sua origem na nascente. A inveja por exemplo pode conduzir ao roubo, este pode conduzir ao assassinato e assim segue, sendo importante saber quais são os traços de personalidade associados à manifestação visível do problema que leva uma pessoa a procurar um Terapeuta Holístico, sem isto temos o risco de ver o processo naufragar.

Tem se tornado comum uma pessoa passar por uma sessão de Terapia Floral e sair de lá com uma fórmula contendo oito, nove, dez florais diferentes

Os elementos utilizados nas terapias naturais ganharam fama por serem sem efeitos colaterais e sem contra indicações, na maioria das vezes isto não é verdade, no caso dos florais nós temos sim efeitos nocivos do uso indevido deles, os florais são componentes energéticos que criam estímulos no campo emocional através de ressonância, sabemos que um pequeno e/ou curto estímulo causa movimento, mas muitas vezes um estímulo mais profundo e direto causa inibição, fazendo uma analogia com a carícia, uma carícia no momento certo, local certo e intensidade correta pode criar grandes efeitos físicos e emocionais, se constante, fora de hora, no momento incorreto ou muito intensa pode ter um efeito inibidor, o mesmo se dá com os florais, devem ser utilizados corretamente, sob pena de não gerarem o efeito esperado, e conforme alertado em outra matéria o mesmo componente que foi administrado longamente em momentos impróprios pode não ter o mínimo efeito quando realmente necessário, isto, conforme podemos perceber não ocorre por ineficácia do método mas sim pela utilização incorreta do mesmo.

Estes inconvenientes são apenas alguns dos muitos associados ao uso indevido de substancias vibracionais (que agem por vibrações), e todas as pessoas que se utilizam eventualmente ou constantemente da Terapia Holística devem ser orientadas no sentido de buscarem profissionais sérios e capacitados para tratarem de seus problemas.

Fonte: radiestesia.net

Axé
Ivanih Bianco
consultas: 19-3462-9248