Curiosidade: Quirologia e Quiromancia


Uma Entrevista com o Quirologo Marcello Meneses
------------------------------------------------

O que é a quirologia?

Marcello Meneses -É o estudo das mãos. A mão foi a primeira parte do corpo do homem a ser codificada, em 1803, na Áustria, por um médico chamado Purking. Desde essa época, a polícia utiliza esta técnica para descobrir os culpados de crimes. A habilidade de identificar o quente, o frio, se a mão está transpirando, pertence a quirologia. Para dar um exemplo da supremacia da quantidade de informação das mãos é quando a palma sofre uma queimadura: a digital não modifica. Por isso ela é nossa assinatura intransferível. A quirologia é o lado científico da mão. É comprovado cientificamente que não há uma digital igual a outra.

E a quiromancia?

Marcello Meneses -É a ciência das mãos. Um oráculo como é a astrologia, o tarô, búzios, numerologia, baralho cigano. O método que utilizo tem a quirologia que é o como, e a quiromancia que é o porquê. Dentro dela existem algumas vertentes. O livre arbítrio do ocidente permite que o indivíduo modifique seu destino traçado nas mãos.

Há quanto tempo existe?

Marcello Meneses Antes do homem se comunicar com as palavras ele se comunicava através dos gestos. Anaxágoras, quase 500 anos a C. dizia que o homem pensa com as mãos e fala com elas. Aristóteles, 340 a. C., fez um estudo em cima das mãos sobre apenas uma linha, a da cabeça. As 3 linhas primárias são, linha da vida, da cabeça, a mais importante da mão, e cardíaca. Estas todo mundo tem, mas existem linhas que nem todas as pessoas têm. O indivíduo que possui a linha do trabalho, por exemplo, depende do intelecto para ter uma ocupação profissional. O indivíduo que só tem essas 3 linhas, depende apenas da força braçal no trabalho. Cada linha tem sua importância. As primárias demoram mais para mudar, mas podem ficar maior, menores, nascer uma linha paralela a ela. Na quirologia, as digitais não mudam. As outras linhas que estão acima das digitais, mudam e dependem do livre arbítrio, do seu jeito de ser.

Qual o objetivo da leitura das mãos?

Marcello Meneses -O objetivo da leitura das mãos é proporcionar o autoconhecimento. As linhas que pertencem a quiromancia mudam. Se conhecer permite que tenhamos jogo de cintura, para se adaptar ao dia a dia vivendo de forma mais confortável. O baiano tem uma maior predisposição para o autoconhecimento.
Como é feita a leitura das mãos?
Marcello Meneses -Eu avalio as duas mãos, porque temos uma passiva e outra ativa. Esta é aquela que escrevemos e marca nossa tendência, potencial, inclinação, direcionamento. As duas mãos são diferentes. A mão passiva é hereditária. Marca aquilo que herdamos dos pais e familiares. Pela quirologia vou analisando a constituição das mãos, pele, osso, formato, se transpira ou não, tamanho do dedo, tipo de unha e depois parto para as linhas. A linha da cabeça, a mais importante, é a primeira a ser analisada, pois através dela avaliamos o potencial psíquico, intelecto. Na linha da vida analiso todo o percurso da vida do indivíduo. E tem a linha cardíaca, que marca o jeito amável, afável de ser, o jeito de gostar. Parte-se então para as linhas secundárias, do trabalho, da vitalidade, saúde, sucesso, êxito, relacionamentos, viagens. O ideal é poder acompanhar a mudança das mãos.

Qual a diferença da técnica de Marcelo para as tradicionais?

Marcello Meneses -As pessoas fazem a leitura ou só pela quiromancia européia ou pela chinesa, védica. Eu faço a união de todas essas leituras. Além disso, utilizo a quirologia e quiromancia.

Axé
-------------------------------------------------------------------------------------
Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada pessoalmente ou por telefone(pagamento por depósito bancário)

Ligue e marque seu horário
19-3462-9248

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Qual a diferença entre " Oração e Prece "

Hoje 22 de Maio - Dia de Santa Rita

É HOJE - DIA DO SENHORES DO CARMA -