VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Especial de "Quinta" 15 de Setembro - Dia de Nossa Sra. das Dores


Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP


-----------------------

Na Póvoa, o culto da mãe de Jesus sob esta invocação remonta a 1768, ano em que foi colocada uma imagem na antiga capela do Senhor do Monte. A grande adesão exigiu a edificação do templo próprio, que ficou concluído no princípio do século XIX, mas que só em 1866 adquiriu o aspecto actual, com a construção de 6 capelas circundantes (imóvel classificado de interesse público). No dia da festa, começa de manhã a peregrinação dos visitantes à igreja, percorrendo em oração as seis capelinhas em redor onde se podem admirar, em figuras de tamanho natural, cenas representativas de passos da paixão de Cristo – as seis primeiras dores de Nossa Senhora (a profecia do velho Simeão; a fuga para o Egipto; a perda e encontro do menino Jesus no templo com os doutores da lei; a caminho do Calvário; a crucificação e a descida da cruz). A sétima dor, a “Soledade”, está representada no altar-mor por uma bela imagem de Nossa Senhora das Dores.
A procissão de Nossa Senhora das Dores começou por se realizar no quarto domingo de Agosto para se fixar desde o início do século passado no terceiro domingo de Setembro. Milhares de penitentes, de todas as idades e categorias sociais, incorporam-se todos os anos no cortejo religioso, na maioria descalços e com velas do seu tamanho na mão ou representativas da parte do corpo onde se pretende que ocorra a cura.
Ainda se encontram grupos de pescadores com as roupas usadas no mar aquando de naufrágios ou ocasiões de perigo, e muita gente do campo agradecendo o ano agrícola proveitoso e suplicando boas colheitas para as safras.
Decorre em meados de Setembro esta festividade com tradições seculares onde, para além dos tradicionais festejos com espectáculos de variedades, fogo preso e grandiosa procissão, ressalta a típica e muito concorrida feira da louça (3.ª e 4.ª semanas de Setembro).

Oração:

Ave-Maria Dolorosa
Deus vos salve, Maria, cheia sois de dores;
Jesus crucificado está contigo; digna sois de chorada e compadecida entre todas as mulheres, e digno é de ser chorado e compadecido Jesus, fruto bendito de teu ventre.
Santa Maria, Mãe do Crucificado, dai lágrimas a nós crucificadores de teu Filho, agora e na hora de nossa morte. Amém.
Fonte:Santo do dia

Axé

Nenhum comentário:

Postar um comentário