VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Orgulho


Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:19-3462-9248
Americana-SP


São tantas pessoas que levam a vida sempre se achando superior aos outros, e jamais param para pensar que um dia tudo acaba.
Costumamos falar que “aqui estamos de passagem e estamos apenas plantando nosso canteiro”. Muito bonita essa frase, mais será que as pessoas se conscientizam disso? Ou só vão parar quando perderem alguém ou algo que gostam?
Será que alguém consegue imaginar que existem na vida vários lugares que não gostamos de ir, mas que podemos escolher entre ir ou não, mas existem praticamente dois que não conseguimos ficar sem visitar: um hospital e um velório.
Amigos não se assustem! Vamos parar e analisar que a vida é muito curta, e ainda existem pessoas que a fazem ser mais difícil e complicada.
Dias desses precisei ir a um hospital e infelizmente a um velório, e percebi que no hospital muitos sofrem com suas dores, choram, às vezes por estarem ali sozinhos ou até mesmo achando que não merecem o que estão passando, mais encontra-se pessoas boas que gostam do que faz, tratam as pessoas como se fossem da família mesmo, com carinho, dedicação, calor humano. É claro que tem aquelas que odeiam o que faz e tratam à todos com pouco caso, ignoram quando as pessoas falam que ainda estão com dores e tal, mais o que importa é que nesta vida encontramos de tudo e é claro, os que nos ajudam ou de uma forma ou de outra a gente deve agradecer sempre, mas os que não fazem nada por ninguém nem mesmo estando numa profissão dessa.
Devemos pedir a Deus por eles e que nunca ninguém da família deles passe por isso.
Costumo sempre falar que cada profissão é uma missão e se a pessoa está descontente deve mudar, mesmo porque a vida vai pra frente, pois o importante é amar o que faz.
Quanto ao velório notei que as pessoas passam uma perto da outra e esquecem de cumprimentar, esquecem às vezes de saber que estão ali para despedir de alguém, e muitas vezes viram lugar de encontro porque muitas passam anos sem ver a outra.
Mais o que é importante dizer é que se esquecem de ser humildes, esquecem que um dia pode ser ela a estar se despedindo de alguém ou mesmo dela própria.
É tão fácil ser humilde, é tão fácil respeitar os outros, pedir perdão.
Na verdade amigos, o que falta às pessoas é aproveitar cada minuto como se fosse o último, tratando bem os outros,se dedicando da melhor forma possível, e lutar sim pra viver melhor, se sentir melhor, mais jamais esquecer quem um dia te ajudou, até mesmo em uma simples palavra, em um pequeno gesto, mais guarde uma coisa sempre: não é uma casa bonita, um carrão que te faz melhor que os outros, aqui nessa terra somos todos iguais e a cada dia regamos a nossa plantinha para quando partirmos poder deixar belas flores. E nunca se esqueçam disso também: não estamos aqui julgando alguém, apenas tentando fazer as pessoas se conscientizar o quanto é importante lembrar que sempre precisamos de alguém para viver.
AXÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário