08 de Abril - Considerado o DIA DO ESPIRITISMO



Blog da Esotérica Ivanih Bianco
Consultas com hora marcada, pessoalmente ou por telefone (Pagamento por depósito bancário) Ligue e marque seu horário:
19-3462-9248 - Americana-SP


No próximo sábado, 18 de abril, os espíritas de todo o Brasil comemoram o Dia Nacional do Espiritismo, data instituída através de um projeto da deputada federal Gorete Pereira (PL/CE), de número 291/2007, em homenagem ao lançamento do Livro do Espírita, de Alan Kardec, em 18 de abril de 1857.

“Este livro foi todo decodificado pelos espíritos para o precursor do espiritismo, Alan Kardec. O lançamento ocorreu em Paris, na França. É considerado a base do espiritismo”, afirma a presidente da Federação Espírita Piauiense, Rosa Maria Araújo. Na obra, são abordados a existência de Deus, a vida após a morte, a reencarnação, as leis morais e a vida futura.

Rosa conta também que o primeiro núcleo espírita do Brasil foi implantado em Salvador (BA), em 1865. Quatro anos depois, foi lançado o primeiro jornal espírita do país, “O eco do além túmulo”.

No Piauí, o espiritismo chegou no final do século XIX. De 1896 até 1900, houve registros da religião em Amarante, Teresina, Floriano, Piracuruca e Livramento (hoje, o município de José de Freitas).

Ao contrário do que se pensa, não foi em Teresina que o espiritismo chegou primeiro no estado, mas em Amarante, cidade em que foi fundado o primeiro centro espírita do Piauí, em 1903. Era chamado de Fé, Esperança e Caridade. Foi também na cidade que nasceu o primeiro jornal espírita do estado, “A cruz”, dirigido por Sátiro Castro.

Depois, na década de 20, o espiritismo tomou corpo em todo o estado, através de Teresina. “Expandiu-se através de um grupo de abnegados trabalhadores espíritas, como Raul Cunha, Juca Cunha, Elias Torres, Rufina Gomes, Pedro Brito Conde, Francisco Paulo, Joca Vieira e outros liderados pela professora Firmina Sobreira.

Atualmente, o Piauí conta com 62 centros espíritas, a metade deles em Teresina. Segundo Rosa Araújo, o objetivo básico da doutrina é a paz da humanidade. Por isso, a Federação Espírita Piauiense atende, mensalmente, a 12 mil pessoas por mês, através de assistência e serviços, como creches, por exemplo.
Os espíritas acreditam que a pluralidade da existência humana vai evoluindo de acordo com a reencarnação. “Cada vez que o espírito reencarna, ele evolui mais”, diz Rosa, ressaltando ainda que o Brasil é considerado a pátria do evangelho.

Fonte: Robert Pedrosa / Jornal O Dia

Axé

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Qual a diferença entre " Oração e Prece "

Hoje 22 de Maio - Dia de Santa Rita

É HOJE - DIA DO SENHORES DO CARMA -