VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

O BUDISMO


CONTATOS: IVANIH BIANCO
(19) 3462-1120 / 99391-4328
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O fundador do Budismo e se chamava Siddhartha Gautama, que ficou conhecido como Buda.
Buda não é um nome, mas um título. Significa “o iluminado” e, existem outros Budas, além de Siddhartha.
Siddhartha pregou sua doutrina na Índia durante 45 anos. Só mais tarde o budismo chegaria à China, Japão, Tailândia e outros países da Ásia.

 O Budismo é uma das religiões com mais adeptos no mundo, atrás do Cristianismo, Islamismo e Hinduísmo.
Zoliteístas e monoteístas podem estranhar, mas o Budismo é uma religião sem Deuses.

Os budistas pregam que o ser humano está condenado a reencarnar sucessivamente e passar pelas dores e sofrimentos do mundo material. O que ela faz durante a vida pode refletir na outra vida e assim sucessivamente. É o chamado karma.
O Budismo tem algumas semelhanças com o Hinduísmo. Uma delas é justamente a crença na reencarnação.

Outros princípios que assemelham Hinduísmo e Budismo são a humildade e os votos de pobreza. Na concepção do Budismo, os bens materiais e os prazeres da carne podem afastar o ser humano do caminho da iluminação.
Acredita-se que Siddhartha tenha nascido 547 vezes antes de atingir a chamada “iluminação”.
Os budistas não têm hierarquia em sua religião. Em determinadas ramificações, um monge budista vive sozinho ou num mosteiro, onde conta com pouquíssimos bens: uma roupa, uma tigela para fazer as refeições, um Japa Mala com 108 contas (para usar enquanto medita), uma lâmina para raspar a cabeça e um filtro de água.

 O Dalai Lama é o líder do Budismo Tibetano, vertente do budismo praticada no Tibete, região que atualmente faz parte da China. Dalai Lama significa Caminho de Sabedoria.
Quando um Dalai Lama morre, uma cúpula budista sai à procura da sua reencarnação em meninos que tenham nascido alguns anos depois da morte do antigo Dalai.
Já foram reconhecidas 13 reencarnações do Dalai Lama.
Eles reconhecem o novo líder por meio de sinais e testes aplicados nas crianças, como o de reconhecer objetos pessoais do último Dalai em meio a uma série de outros pertences. Quando a reencarnação é encontrada, o menino vai para um mosteiro, o Potala, em Lhasa, capital do Tibete. Lá, muda de nome e é preparado para se tornar o Dalai Lama aos 18 anos.

O Budismo influenciou fortemente diversos pensadores, principalmente o alemão Arthur Schopenhauer. Foi Schopenhauer, aliás, quem introduziu o Budismo no pensamento filosófico Ocidental.
Na Idade Média, Siddhartha foi transformado em santo cristão, através da “História de Barlaam e Josaphat”, uma versão cristianizada da vida do Buda.

No Budismo, humanos e outros animais estão num mesmo patamar. São seres conscientes.
Após atingir a iluminação Siddhartha adotou o nome de Shakyamuni

Fonte: http://ghaiaesoterico.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário