ASTROS - FINAL


 
5) MARTE: Planeta símbolo da força viril, da atividade e capacidade criadora em todas as suas formas. Na psicologia astrológica representa o espírito empreendedor, energético e cheio de ânimo. Em seus aspectos negativos personifica a crueldade e o desejo de destruição. Os que nascem com Marte mal configurado em seu horóscopo são vítimas de impulsos violentos, belicosidade e rudeza. É representado por um círculo com uma flecha na parte superior direita, significando a força criadora do espírito. É planeta masculino; seu elemento é o fogo, e rege os signos de Áries e Escorpião. Seu metal-símbolo é o ferro.

6) JÚPITER: O maior dos planetas em termos de dimensão, representa, de maneira unificada, as figuras simbólicas do pai, do patriarca e do rei. É símbolo da grandeza de espírito, da sabedoria e generosidade, do sentido de justiça e da alegria espiritual. Em seus aspectos negativos, representa o orgulho, o desejo de ostentação, a falta de sinceridade, o amor à vida fácil, a paixão pelo jogo. Júpiter é representado por uma meia-lua crescente (símbolo da consciência da alma) unida a uma cruz (a matéria). É planeta de natureza masculina, positiva, regente de Sagitário e Peixes. Seu metal é o estanho.

7) SATURNO: Este planeta simboliza o tempo, que, com seu terrível apetite pela vida, devora todas as suas criações, sejam elas seres, coisas, idéias ou sentimentos. Astrologicamente, o planeta saturno é considerado o mais poderoso e malévolo, devido à maneira sutil e imperceptível com que mina a vitalidade do organismo físico. Marte, em seu aspecto destruidor, manifesta-se rápido como um raio. Mas Saturno é exatamente o contrário. Sua natureza é lenta e paciente, furtiva e velada. Saturno representa o movimento de contração, solidificação, cristalização, estabilidade e inflexibilidade. Em seus aspectos positivos, confere método, prudência, concentração, sobriedade e sentido do dever. Mas configurado, produz hipocrisia, intolerância, avareza, espírito rotineiro e teimosia. É representado simbolicamente por uma cruz surgindo de uma meia-lua crescente, significando a manifestação da consciência. É planeta masculino, positivo, regente de Capricórnio e Aquário. Seu metal simbólico é o chumbo.

8) URANO: Urano, o pai mitológico de Saturno, dá início, segundo a astrologia esotérica, à primeira série de uma órbita ou ciclo mais elevado de influência astral. Sua natureza é a mesma de mercúrio, porém numa oitava superior. Urano simboliza também o intelecto, mas já conectado com os planos da intuição superior e da iluminação interna. Este planeta rege os sentimentos ideais e a imaginação criadora. É planeta de caráter revolucionário, progressista, original e imprevisível. Os chamados "gênios incompreendidos" são, frequentemente, influenciados por esse planeta. Urano é representado por dois pilares (emblema das naturezas divina e humana) unidos por meio de uma cruz da qual pende um círculo. Rege, com Saturno, o signo de Aquário, e seu metal é o alumínio.

9) NETUNO: Netuno é considerado a oitava superior do planeta Vênus. Representa, assim, as mais elevadas tendências sentimentais e afetuosas. Mas o amor netuniano é do tipo platônico ou idealista. Os gregos o identificavam como o deus do mar, e por isso o seu símbolo é de natureza psíquica, conectando ao idealismo o dom da profecia e o sentido da beleza transcendente na arte em geral. Confere uma poderosa imaginação e predispõe ao misticismo, à mediunidade e à clarividência. É considerado o planeta dos grandes artistas, devido à sua natureza aquática emocional. Mal configurado, costuma provocar enfermidades mentais e nervosas, problemas neuróticos e tendência ao uso de drogas. Netuno é representado por uma lua crescente em posição horizontal, atravessada por uma linha vertical (o espírito) da qual pende uma cruz (a matéria). Rege, com Júpiter, o signo de Peixes.

10) PLUTÃO: A moderna astrologia ainda discute o complexo simbolismo do último planeta de nosso sistema solar, o mais recentemente descoberto. Plutão aparece como oitava superior de Marte, decompondo a sua poderosa influência em duas áreas: na primeira, espiritual, Plutão representa a vontade criadora, a vivificação, a transformação; na segunda, material, a decomposição, a violência e a morte. No sentido geral, Plutão simboliza as mutações profundas, tanto na natureza como no homem. Alguns astrólogos atribuem a Plutão a co-regência do signo de Escorpião.

fonte: http://www.topgyn.com.br/conso17/glossario/conso17a76.php

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Qual a diferença entre " Oração e Prece "

Hoje 22 de Maio - Dia de Santa Rita

É HOJE - DIA DO SENHORES DO CARMA -